sábado, 23 de julho de 2011

Seja a cor

Eu já falei aqui o quanto admiro pessoas que assumem suas singularidades fora do padrão vigente e vai ser feliz. 
Realmemte adoro quando vejo coragem nas pessoas, já deu de gente careta e covarde nessa vida, né?

Eis que me deparo hoje com o trabalho da fotógrafa Jocelyn Allen. Em seus dois últimos trabalhos, ela explora bem essa questão da individualidade, contrastando nossas semelhanças e nossas particularidades. Uh, lala.


Identificação absurda e instantânea com as fotos. Rá.


Você poderá gostar de

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...