domingo, 2 de outubro de 2011

A solidão


Eu sou uma pessoa intensa. Muitas coisas me deixam feliz e muitas me deixam triste. Mas existe uma coisa que realmente me tira do sério, que eu fico realmente chateada: injustiça. Acredito que ela esteja totalmente relacionada aos preconceitos e à solidão que nos encontramos, como sociedade.

Semana passada me senti realmente triste porque me senti injustiçada e distante demais das outras pessoas do mundo, em algum buraco negro perdido na história da civilização. É uma pena que em alguns momentos eu perca um pouco as esperanças de que as pessoas serão menos egoístas e terão empatia com as outras. Que elas respeitem a opinião e os sentimentos dos outros, independente de se tratar de algo banal para si. Que a crença, a cultura e o que tem de valor para as pessoas sejam importantes para todos pelo simples fato de serem a escolha de alguém.

Mas não, o aceitável é só o que EU acho que seja. E em decorrência disso, não se pode mais discordar de algo porque significa que você não aceita crítica. Não se pode mais ser diferente, porque você incomoda. E então, as pessoas te desrespeitam, se sentem no direito de te desrespeitar e sequer enxergam isso. Acham que estão te fazendo um favor em te mostrar "a verdade", te ajudando em te guiar pelo "caminho certo". Não conseguem ver um palmo a sua frente, de tão embebidas em si que estão.

Puxa, eu tento ser honesta, generosa, amorosa. Tento passar alegria para as pessoas, tento compartilhar e ressaltar o que tenho de bom na minha vida. Mas às vezes eu quero mesmo é entrar num buraco negro e esquecer que sou dessa espécie.




Você poderá gostar de

3 comentários:

  1. Mila querida, compartilho da sua solidão.
    A injustiça é um dos piores atos que o ser humano comete. Total pobreza de espírito e falta de amor ao próximo. Digo uma das piores porque já se tornou tão comum, para alguns, ser ou sofrer injustiças, que passou a ser algo "aceito" pela sociedade.
    Espero que você fique bem e que ao remar, o sol que nasce te traga a força necessária para lidar com a inveja que muitas vezes leva a injustiça.

    Bjo grande com carinho

    ღ ♥╚══════.♥.═╝╔═.♥.══════╗♥ ღ

    ResponderExcluir
  2. Poxa, Mik, a injustiça é foda porque eu me sinto impotente diante dela. Queria tanto que tivesse menos desigualdades e mais respeito no mundo. Você deve bem saber o que eu digo, né?

    Muito agradecida pelas palavras, eu já tou bem melhor, mas eu quis escrever sobre isso para não esquecer o que senti, para visitar esse post sempre que eu quiser forças para retomar.

    E parece até que você adivinhou: hoje tive uma remada maravilhosa, em um lago perfeito, cercada de natureza e com uma chuvinha limpando a poeira da seca que ainda estava na pele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Faz tempo o seu post, mas como vi agora seu site, posso dizer que compartinho totalmente suas palavras, pois fui injustiçada a dois meses, me custou meu emprego, e até agora custa a descer... mas Deus é maior, eu sei.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...